UFPB › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas João Pessoa, 21 de Junho de 2018


CE - DFE

CE - DEPARTAMENTO DE FUNDAMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Projetos de Pesquisa


: Visualizar Detalhes do Projeto de Pesquisa
AFONSO CELSO CALDEIRA SCOCUGLIA
2008, HISTÓRIAS E MEMÓRIAS DA DITADURA E DA EDUCAÇÃO POLÍTICA (1964-1969): O IMP E AS REPRESENTAÇÕES DOS VENCIDOS
ALBA CLEIDE CALADO WANDERLEY
2017, REPRESENTAÇÕES DAS RELIGIOES AFRO-BRASILEIRAS EM JORNAIS IMPRESSOS PARAIBANOS
2016, REPRESENTAÇÕES DOS AFROBRASILEIROS EM JORNAIS IMPRESSOS PARAIBANOS
ANA CLAUDIA DA SILVA RODRIGUES
2017, A ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL E FORMAÇÃO INTEGRAL: UM ESTUDO DE PROGRAMAS DESENVOLVIDOS NO ESTADO DA PARAÍBA
2017, POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO: A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA A PARTIR DA ANÁLISE DO CICLO DE POLÍTICAS DE STEPHEN BALL
2016, A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE NOS CURSOS DO PRONATEC VINCULADOS AO COLÉGIO AGRÍCOLA VIDAL DE NEGREIROS / CAMPUS III /BANANEIRAS/PB: UMA ANÁLISE DE CASO.
2016, A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES: ANÁLISE DOS DIREITOS E OBJETIVOS DE APRENDIZAGENS E DESENVOLVIMENTO ESTABELECIDOS PARA O CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO BÁSICA.
2016, A ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL E AS IMPLICAÇÕES NO CURRÍCULO: UM ESTUDO DOS PROGRAMAS MAIS EDUCAÇÃO E ENSINO MÉDIO INOVADOR (PROEMI)
2015, A ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL COMO POLÍTICA PARA ENFRENTAMENTO DAS DESIGUALDADES SOCIAIS: UM ESTUDO DOS PROGRAMAS MAIS EDUCAÇÃO E ENSINO MÉDIO INOVADOR (PROEMI)
2014, AS CONTRIBUIÇÕES DO CURRÍCULO PARA A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE E O RECONHECIMENTO DOS EDUCANDOS CAMPESINOS.
2013, AS CONTRIBUIÇÕES DO CURRÍCULO PARA A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE E O RECONHECIMENTO DOS JOVENS E ADULTOS CAMPESINOS
2012, O PROEJA NO COLÉGIO AGRÍCOLA VIDAL DE NEGREIROS: IDENTIDADES E RECONHECIMENTO
EDUARDO JORGE LOPES DA SILVA
2017, A INCLUSÃO ESCOLAR DA POPULAÇÃO LGBT NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
2016, O PERFIL DO EDUCADOR DE JOVENS E ADULTOS NO DISCURSO DE OPERÁRIOS-EDUCANDOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL
2015, OS SABERES NECESSÁRIOS À PRÁTICA EDUCATIVA NA EJA: DISCURSOS DE EDUCADORES INICIANTES E EXPERIÊNTES DA REGIÃO DO BREJO PARAIBANO
2014, O PERFIL DE EDUCADOR PARA ATUAR NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA CONCEPÇÃO DOS EDUCANDOS
2013, AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA): ESTUDO DE CASO EM MUNICÍPIOS DO AGRESTE PARAIBANO
2013, AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) NOS MUNICÍPIOS DE BELÉM, BORBOREMA, DONA INÊS E PIRPIRITUBA DO AGRESTE PARAIBANO
2012, A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) NO SEMIÁRIDO PARAIBANO
2011, OS ENCONTROS NACIONAIS DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: TEMAS, DISCUSSÕES E PROPOSTAS
ERENILDO JOAO CARLOS
2015, PESQUISAS EM EDUCAÇÃO E VISUALIDADE: INVESTIGANDO A PRESENÇA DA IMAGEM VISUAL NA PRODUÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES DA PÓS-GRADUAÇÃO ACADÊMICA EM EDUCAÇÃO DO NORDESTE ? O CASO DAS FEDERAIS (2000-2015)
2013, EDUCAÇÃO POPULAR E VISUALIDADE: O USO DA IMAGEM VISUAL NA PROPOSTA PEDAGÓGICA FREIREANA
2012, EDUCAÇÃO POPULAR E VISUALIDADE: INVESTIGANDO A IMAGEM NA ORDEM DO DISCURSO PEDAGÓGICO FREIREANO
2011, O USO ESTRATÉGICO DA IMAGEM NA EDUCAÇÃO POPULAR
2009, A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UFPB/CAMPUS I
FERNANDO CEZAR BEZERRA DE ANDRADE
2017, TEORIZANDO O ENSINO-APRENDIZAGEM DE LITERATURA PELA EXPERIÊNCIA ESTÉTICA E AUTOTRADUTIVA
2016, ANÁLISE DO ENSINO-APRENDIZAGEM DE LITERATURA PELA EXPERIÊNCIA ESTÉTICA: A LEITURA COMO PROCESSO AUTOTRADUTIVO
2015, ANÁLISE DO DESENVOLVIMENTO DA DIMENSÃO DESIDERATIVA DE DISCENTES EM CONTEXTO DE FORMAÇÃO PARA O ENSINO DA LITERATURA ORIENTADO PELA ANTROPOLOGIA LITERÁRIA
2014, ANÁLISE DE EFEITOS DA PARTICIPAÇÃO EM PROGRAMA PARA FORMAÇÃO DE HABILIDADES SOCIAIS EDUCATIVAS SOBRE A DIMENSÃO DESIDERATIVA DE LICENCIANDOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
2013, ESTUDO SOBRE A DIMENSÃO DESIDERATIVA DA COMPETÊNCIA INTER-RELACIONAL DE LICENCIANDOS DA UFPB PARTICIPANTES DE PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS
2012, CONSTRUÇÃO DE INSTRUMENTO PARA AVALIAÇÃO DE HABILIDADES SOCIAIS EDUCATIVAS DE DOCENTES: ESTUDO PILOTO
2009, COMPETÊNCIA INTER-RELACIONAL: ESTUDO A PARTIR DA COMPETÊNCIA SOCIAL
FRANCISCA MAURILENE DO CARMO
2014, LINGUAGEM E A APRENDIZAGEM DA LEITURA E ESCRITA UMA ANÁLISE À LUZ DA TEORIA DE VIGOTSKI
2010, A CATEGORIA CONSCIÊNCIA EM VIGOTSKI E SEU VÍNCULO COM A EDUCAÇÃO: UM ESTUDO FUNDAMENTADO NA CENTRALIDADE DO TRABALHO
JAQUELINE BRITO VIDAL BATISTA
2015, PRODUÇÃO CIENTÍFICA ACERCA DO ASSÉDIO MORAL: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO
2015, PRODUÇÃO CIENTÍFICA ACERCA DO ASSÉDIO MORAL NO CAMPO DA PSICOLOGIA: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO
2014, PRODUÇÃO CIENTÍFICA ACERCA DO ASSÉDIO MORAL NO CAMPO DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE, SOCIAIS E HUMANAS: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO
2012, SAÚDE MENTAL DO PROFESSOR: O CONSUMO DE PSICOTRÓPICOS EM PROFESSORES DA UFPB
2011, PERFIL DA SAÚDE MENTAL DO PROFESSOR DA UFPB: IDENTIFICANDO OS TRANSTORNOS MENTAIS QUE AFASTAM O PROFESSOR DA SALA DE AULA
2010, PERFIL DA SAUDE MENTAL DO PROFESSOR: IDENTIFICANDO A SINDROME DE BURNOUT NA UFPB
JEAN CARLO DE CARVALHO COSTA
2017, PENSAR O NORDESTE E OS SEUS SUJEITOS: CIRCULAÇÃO DE IDEIAS, INTELECTUAIS E A ESCOLA NOVA NO BRASIL (1918-1942)
2012, PENSAR O NORDESTE E OS SEUS SUJEITOS: CIRCULAÇÃO DE IDEIAS, HISTÓRIA DOS INTELECTUAIS E EDUCAÇÃO NO BRASIL
2011, CIRCULAÇÃO DE IDEIAS, INTELECTUAIS, EDUCAÇÃO E MODERNIDADE NA PARAHYBA (1870-1889)
2011, CIRCULAÇÃO DE IDEIAS, INTELECTUAIS, EDUCAÇÃO E MODERNIDADE NA PARAHYBA DO OITOCENTOS (1870-1889)
2010, ITINERÁRIOS INTELECTUAIS E FORMAÇÃO NACIONAL NO BRASIL MODERNO: ESCRAVIDÃO, EDUCAÇÃO E REFORMAS SOCIAIS NO PROJETO DE MODERNIDADE DE JOAQUIM NABUCO
2009, ITINERÁRIOS INTELECTUAIS, FORMAÇÃO NACIONAL E EDUCAÇÃO NO BRASIL MODERNO: MANOEL BONFIM - HERMENENTA DO BRASIL.
JORGE ADRIANO LUBENOW
2015, DEMOCRACIA DELIBERATIVA EM JÜRGEN HABERMAS E CRÍTICOS
2014, A FILOSOFIA POLÍTICA NA TEORIA CRÍTICA DO JOVEM HABERMAS
2013, INDIVÍDUO, EMANCIPAÇÃO E EDUCAÇÃO EM MAX HORKHEIMER
2013, AUTONOMIA, SEMIFORMAÇÃO E EDUCAÇÃO EM THEODOR ADORNO
2012, A NOÇÃO DE INDIVÍDUO E O PROBLEMA DA AUTONOMIA NA TEORIA CRÍTICA DE HORKHEIMER E ADORNO
2012, O CONCEITO DE EMANCIPAÇÃO NA TEORIA CRÍTICA DE HORKHEIMER E ADORNO
MARIA DAS GRACAS DE ALMEIDA BAPTISTA
2017, A RELAÇÃO TEORIA E PRÁTICA NA PRÁXIS PEDAGÓGICA DO PROFESSOR
2011, A RELAÇÃO TEORIA E PRÁTICA NOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSOR
MARIA DO SOCÔRRO DO NASCIMENTO
2012, O LUGAR DA SEXUALIDADE HUMANA NOS DISCURSOS DAS AGÊNCIAS FORMADORAS DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO DO CURSO DE PEDAGOGIA DO CENTRO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (CE/CAMPUS I/UFPB)
MARIA DO SOCORRO NOBREGA QUEIROGA
2015, EFFICAZ TRATAMENTO MORAL E DISCIPLINA SITEMATYCA PARA TRANSFORMAR OS MENORES EM BONS TRABALHADORES UTEIS A SI E Á SOCIEDADE: DISCURSOS SOBRE A INFÂNCIA POBRE EM CIRCULAÇÃO EM IMPRESSOS PARAIBANOS (1920-1940)
2014, O DISCURSO HIGIENISTA SOBRE A INFÂNCIA EM CIRCULAÇÃO EM IMPRESSOS PARAIBANOS NA PRIMEIRA REPÚBLICA (1889-1930)
2013, O DISCURSO HIGIENISTA SOBRE A INFÂNCIA EM CIRCULAÇÃO EM IMPRESSOS NA PRIMEIRA REPÚBLICA (1889-1930)
2012, EXPERIÊNCIA REPUBLICANA E EDUCAÇÃO: DISCURSOS SOBRE A INFÂNCIA NO BRASIL (1900-1930)
2011, IDEÁRIO REPUBLICANO E INFÂNCIA NA PARAÍBA: O QUE DIZEM OS DISCURSOS
2010, DISCURSOS SOBRE A INFÂNCIA ESCOLAR NO PERÍODO REPUBLICANO NA PARAÍBA
MARIA ELIZETE GUIMARAES CARVALHO
2016, MEMÓRIA HISTÓRICA DE INSTITUIÇÕES EDUCACIONAIS EM DIREITOS HUMANOS: O NÚCLEO DE CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS - NCDH - DA UFPB (2007-2015)
2015, PROFESSORA MARIA RUTH DE SOUSA: UMA TRAJETÓRIA DOCENTE EM TEMPOS DE DITADURA (1970-1985)
2014, HISTÓRIA DE VIDA PROFESSORAL DA EDUCADORA MARIA RUTH DE SOUSA (1970-1985)
2013, MOVIMENTO BRASILEIRO DE ALFABETIZAÇÃO - MOBRAL: ENTRE MEMÓRIA, HISTÓRIA E ESQUECIMENTO (1967-1985)
2012, MEMÓRIAS DO MOVIMENTO BRASILEIRO DE ALFABETIZAÇÃO - MOBRAL: QUANDO O TESTEMUNHO REFAZ A HISTÓRIA (1967-1985)
2011, PROFESSORA MARTA BEZERRA DE MEDEIROS: A PROFISSÃO DOCENTE NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX (1915-1954)
2010, EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM 40 HORAS: ANGICOS/RN - 1963 (HISTÓRIA E MEMÓRIAS)
MATHEUS DA CRUZ E ZICA
2014, PARA ALÉM DA ECONOMIA: CIRCULAÇÃO DE REFERENCIAIS CULTURAIS E RELIGIOSOS CHINESES NO BRASIL AO LONGO DAS DÉCADAS DE 1990 E 2000
2013, A DOCÊNCIA MASCULINA EM TEMPOS DE FEMINIZAÇÃO DO MAGISTÉRIO: FACETAS DE GÊNERO NO DEBATE SOBRE PROFISSÃO DOCENTE NA PARAHYBA DO NORTE (1860-1920)
PAULO CESAR GEGLIO
2017, O DESEMPENHO DE ESTUDANTES DO CURSO DE PEDAGOGIA NO ENADE
2015, O ESTADO DO CONHECIMENTO SOBRE O ENSINO DE CIÊNCIAS
RODRIGO SILVA ROSAL DE ARAUJO
2013, A GÊNESE DA EDUCAÇÃO COMO PROBLEMA FILOSÓFICO
2013, EDUCAÇÃO POLÍTICA NO PENSAMENTO PLATÔNICO
ROSE MARY DE SOUZA ARAUJO
2015, INSTRUÇÃO PRIMÁRIA NA PARAHYBA DO NORTE: ESCOLARIZAR PARA A CIVILIDADE E PROGRESSO SOCIAL (1886-1889)
2014, EDUCAO ESCOLAR PRIMRIA NA PARAHYBA DO NORTE: ESCOLARIZAR PARA A CIVILIDADE E PROGRESSO SOCIAL (1884-1886)
2013, EDUCAÇÃO ESCOLAR PRIMÁRIA NA PARAHYBA DO NORTE: ESCOLARIZAR PARA A CIVILIDADE E PROGRESSO SOCIAL (1864-1883)
2012, CONCURSOS PÚBLICOS PARA O INGRESSO NA ESCOLA PRIMÁRIA NA PARAÍBA OITOCENTISTA: ENTRE A PRESCRIÇÃO E A PRÁTICA EFETIVA (1865 -1894)
2011, CONCURSOS PÚBLICOS PARA O MAGISTÉRIO PRIMÁRIO NA PARAHYBA OITOCENTISTA: FORMAR PROFESSORES PELA PRÁTICA (1837-1894)
SWAMY DE PAULA LIMA SOARES
2014, GESTÃO DEMOCRÁTICA E QUALIDADE DA EDUCAÇÃO: POSSÍVEIS RELAÇÕES ENTRE A ATUAÇÃO DO CONSELHO ESCOLAR E OS INDICADORES DE QUALIDADE EDUCACIONAL DAS ESCOLAS PÚBLICAS EM JOÃO PESSOA.
2013, GESTÃO, EDUCAÇÃO E QUALIDADE: ANÁLISE DAS PRÁTICAS DE GESTÃO ESCOLAR E SUAS POSSÍVEIS RELAÇÕES COM A QUALIDADE EDUCACIONAL NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA
TANIA RODRIGUES PALHANO
2017, A EXPERIÊNCIA DO ENSINO DE FILOSOFIA E A ATIVIDADE DE PROJETO DE LEITURA NA ESCOLA MÉDIA
2016, CONTEÚDOS INTRODUTÓRIOS DO LIVRO DIDÁTICO DE FILOSOFIA E OS DESAFIOS DA PERGUNTA: PARA QUE FILOSOFIA?
2015, INVESTIGAÇÕES SOBRE CONTEÚDOS DE ÉTICA EM LIVRO DIDÁTICO DE FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO E OS DESAFIOS ÉTICOS CONTEMPORÂNEOS
2010, OS MATERIAIS DIDÁTICOS NO ENSINO DE FILOSOFIA DA PARAÍBA
VÍVIA DE MELO SILVA
2017, O ENSINO SECUNDÁRIO NA PARAÍBA DURANTE O ESTADO NOVO (1937-1945)
2016, O ENSINO SECUNDÁRIO PÚBLICO E PRIVADO NA PARAÍBA: SOBRE A IMPLANTAÇÃO E EXPANSÃO (1942-1961)
2015, A IMPLANTAÇÃO DO ENSINO SECUNDÁRIO PÚBLICO NA PARAÍBA (1948-1961)
 
88 Projeto(s) encontrado(s)

SIGAA | STI - Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPB / Cooperação UFRN - Copyright © 2006-2018 | sigaa-b.bbn.ufpb.br.sigaa-b | v20180619084447-master